sexta-feira, 28 de novembro de 2014

A Igreja unida em tempos de crise

O Oriente Médio está em tumulto. A guerra civil na Síria, uma batalha contra o Estado Islâmico em partes do Iraque e da Síria, os refugiados que inundam o Líbano e a Jordânia, famílias que fogem para áreas mais seguras. Esse é o lado negativo, mas o outro lado com certeza mais  positivo: os muçulmanos têm encontrado Jesus em todos esses países
27_OrienteMedio_0260100281
Nas igrejas da Síria e do Líbano cenas incríveis têm ocorrido. Em uma recente manhã de domingo, em uma igreja libanesa, aconteceu uma transformação. No início do dia, um ônibus parou em frente ao edifício. Grupos de refugiados sírios saíram e caminharam para dentro do prédio. O número era tão grande que o pastor passou a organizar um segundo culto nas manhãs de domingo para ter espaço suficiente para acomodar os refugiados e os próprios membros da igreja em cada um dos horários.
Nos cultos, mulheres cantaram louvores a Deus. Pouco tempo depois, seus filhos cantaram duas músicas, fazendo gestos, e a alegria tomou conta do coração dos presentes e fez com que muitos sorrisos surgissem nos rostos dos pais.
Verdadeiro milagre
Anteriormente, muitos cristãos libaneses eram contrários à vinda dos sírios para o seu país por causa das ações da Síria durante a ocupação do Líbano menos de uma década atrás. Agora, muitos deles se abraçam e louvam juntos a Deus.
Muitos ex-muçulmanos se refugiaram em prédios de igrejas em países vizinhos da Síria. Recentemente, uma jovem cristã síria disse: “Graças a Deus que nós já passamos por esta crise. A Igreja tornou-se mais forte por causa disso”.
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoAna Luíza Vastag

Nenhum comentário: