sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Boko Haram sequestra 40 jovens em Borno, na Nigéria

09 jan 2015NIGÉRIA

Supostos militantes do Boko Haram sequestraram 40 rapazes em uma vila remota no estado de Borno, na véspera do Ano Novo. A informação é de moradores que fugiram do local
09_Nigeria_0430100600
Dezenas de militantes do Boko Haram atacaram a aldeia Malari e levaram os homens, com idades entre 10 e 23 anos, em direção à floresta Sambisa, nas proximidades, onde se acredita ser uma das principais bases dos radicais.
A notícia dos sequestros foi divulgada apenas alguns dias depois, quando os moradores que fugiram da aldeia chegaram à capital do estado Maiduguri, na noite de sexta-feira (2).
“Eles vieram em caminhões, armados com pistolas, e reuniram todos os homens em frente à casa do chefe da aldeia. Eles então destacaram 40 dos nossos e os levaram para longe”, disse Muhammad Bulama à agência de notícias AFP.
A aldeia Malari fica a 20 km da floresta Sambisa, perto da cidade de Gwoza, local dominado pelos radicais em junho passado.
"Meus dois filhos e três sobrinhos estavam entre os que foram levados pelos pistoleiros do Boko Haram; acreditamos que eles irão usá-los como recrutas", disse Muhammad.
"Quando soubemos do sequestro, decidimos abandonar a nossa casa porque poderíamos ser o próximo alvo", compartilhou Alaramma Babagoni, que fugiu da aldeia vizinha de Mulgwi.
O Boko Haram ainda mantém em cativeiro mais de 200 meninas – em sua maioria, cristãs –, raptadas de sua escola em Chibok, no estado de Borno, em abril passado.
Os últimos cinco anos de levante do Boko Haram na Nigéria já custaram mais de 13 mil vidas, além de dezenas de pessoas, incluindo mulheres e crianças, sequestradas pelos extremistas.
FonteAll Africa
TraduçãoAna Luíza Vastag

Nenhum comentário: