segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

FARC dizem que 2015 "será decisivo para a paz"

05 jan 2015COLÔMBIA

As FARC emitiram uma mensagem aos militares e policiais da Colômbia em que afirmam que "ninguém quer ser o último morto de uma guerra que caminha para o fim" e que o ano de 2015 "será decisivo para a paz"
05_Colombia_0280100412
"O ano que está começando será decisivo para a paz da Colômbia", disseram as FARC, garantindo que a presença de militares ativos nas negociações de paz com o governo desde novembro de 2012 em Cuba "garante a construção de um acordo digno para as duas partes".
A mensagem, publicada no site oficial das FARC e assinada pelo secretariado das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, diz ainda que a declaração de cessar-fogo unilateral que a guerrilha pôs em vigor no dia 20 de dezembro "é também um gesto de humanidade com a nossa contraparte no campo de combate".
"Se realmente o que buscamos é o fim do conflito, tal como está acordado na agenda (dos diálogos de Cuba), não tem sentido nenhum que haja mais mortos, feridos e afetados por causa do mesmo", ressaltam.
"Vocês e nós, que conhecemos a realidade do confronto, sabemos que ninguém quer ser o último morto de uma guerra que caminha para o fim", completaram os rebeldes.
Esta é a segunda mensagem de Natal enviada pelas FARC que, recentemente, divulgaram outra mensagem pública em que pedem a todos os setores da sociedade colombiana que somem esforços pela paz.
Na carta, em que os guerrilheiros se dirigem aos militares da Colômbia como "compatriotas", as FARC também se referem às famílias de seus antigos inimigos.
"É nosso desejo sincero que estas festividades de Natal e Ano Novo, sem as angústias da guerra e a ansiedade pelo retorno incerto ao lar de seus familiares militares, sejam o prelúdio da paz definitiva merecida pelo nosso povo".
As FARC são a maior guerrilha de Colômbia, com cerca 8.000 homens em suas fileiras e mais de 50 anos de luta armada.
FonteUOL Notícias

Nenhum comentário: