quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Bíblias e boletins de ocorrência

11 fev 2015ÍNDIA

Em 2013, cristãos das classes mais baixas da sociedade indiana receberam apoio e ensinamento sobre os seus direitos como cidadãos e sua responsabilidade como Igreja
11_India_0550100051
Boa parte dos cristãos indianos não tem consciência de que possui direitos e responsabilidades como cidadãos, talvez por estar acostumada a não se enxergar como parte da sociedade.
Há casos em que policiais se recusam a fazer o boletim de ocorrência para cristãos que foram vítimas de maus-tratos de vizinhos ou outras pessoas. Os cristãos simplesmente viram as costas e o assunto se dá por encerrado.
A Portas Abertas percebeu essa necessidade enquanto fazia treinamentos bíblicos. A princípio, esses assuntos eram inseridos no meio dos treinamentos, mas agora possuímos cursos específicos sobre direitos segundo a Constituição indiana.
Em 2013, realizamos seminários para os cristãos no geral e para pessoas que sofreram abusos específicos. Os encontros foram dirigidos por um grupo de advogados que falaram de leis religiosas, documentos legais, conversões, direito das minorias, Bíblia e ética, questões legais relacionadas aos cristãos, Igreja e justiça social.
Muitos dos participantes confessaram que eles não tinham a menor ideia de como fazer um boletim de ocorrência e nem abrir um processo legal contra agressores, devido à ignorância sobre o assunto. Kalidas Vasava foi um dos cristãos que participou dessa reunião. Ele conta: “Aprendi muitas coisas novas. Foi bem diferente dos outros seminários. Aprendi sobre boletim de ocorrência, direitos humanos e outras coisas sobre a lei. É importante para a Igreja receber educação sobre temas legais no mundo de hoje. Vou ensinar tudo o que aprendi aos membros da minha igreja, quando voltar para casa”.
FonteRevista Portas Abertas

Nenhum comentário: