sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Boko Haram incendeia igrejas e mata 90 pessoas na fronteira com Camarões

06 fev 2015NIGÉRIA

Pelo menos 90 pessoas morreram e mais de 500 ficaram feridas em um ataque do grupo radical islâmico Boko Haram na pequena cidade camaronesa de Fotokol, na fronteira com a Nigéria, nos últimos dois dias, segundo autoridades de Camarões
06_Nigeria_0270100083
O massacre, executado por cerca de 800 homens, seria uma retaliação à retomada da cidade de Gamboru, do outro lado da fronteira, na Nigéria, pela força militar conjunta do país e do Chade, numa ação que teria matado mais de 250 extremistas.
O grupo invadiu Fotokol atirando e incendiou "igrejas, mesquitas e vilarejos", segundo o ministro de Comunicação do Camarões, Issa Tchiroma Bakari. "Eles mataram jovens que resistiram a se unir a eles para lutar contra as forças camaronesas", disse o ministro na quinta-feira (5).
A milícia radical do Boko Haram, quer impor um califado no norte da Nigéria e tem intensificado seus ataques diante da proximidade das eleições presidenciais nigerianas, que ocorrem no próximo dia 14 (leia mais em Eleições presidenciais podem mudar cenário religioso da Nigéria)
FonteFolha de S. Paulo

Nenhum comentário: