segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Famílias cristãs falam sobre o cotidiano de perseguição na Colômbia

01 fev 2015COLÔMBIA

O Centro Infantil sustentado pela Portas Abertas na Colômbia se despediu de mais seis formandos, no final do ano passado. Um deles foi Sofia*, que partilhou o seu testemunho. Leia sobre os demais a seguir
01_Colombia_0280100025
Os seis adolescentes chegaram ao Centro Infantil fugidos de uma situação de perigo e medo por causa de sua fé. São seis jovens cristãos de diferentes partes do país, com diferentes famílias e diferentes histórias, mas todos eles têm algo em comum: são perseguidos por sua identificação com Cristo.
Seus pais foram sequestrados e mortos, as famílias foram desalojadas e expulsas de suas comunidades. Nos anos em que estudaram e viveram no Centro Infantil, os alunos cresceram juntos e se tornaram uma nova família. Enquanto isso, seus pais também foram impactados pelo fato de terem seus filhos vivendo em um lugar seguro.
Antes da formatura, muitos pais também estiveram no Centro Infantil para participar de um workshop de dois dias. Durante o evento, alguns deles compartilharam sobre suas vidas e sobre o motivo de seus filhos viverem no Centro Infantil. Um deles é o pai do formando David*, de 18 anos: "Foi muito difícil deixar meus filhos, mas eu sabia que eles estavam mais seguros aqui do que na minha casa. Eu não precisava mais me preocupar. Na região onde moro, muitas pessoas sofrem por causa da violência. Saio para evangelizar. Faço isso com medo. Já fui pego por guerrilheiros. Mas Deus cuida de mim. Busco em primeiro lugar o reino de Deus e todas as outras coisas são acrescentadas”.
O reino de Deus é, em muitos aspectos, totalmente oposto à forma de pensar e agir do mundo. O que foi feito para destruir e matar os cristãos, Deus usou para o bem deles e para a sua glória. A um passo de um novo tempo em suas vidas, os seis formandos estão convencidos de que só por Jesus há uma esperança e um futuro. "O que vai acontecer no futuro, eu não sei. Eu só sei que vou adorar a Deus todos os dias", afirma Sofia.
Pedidos de oração
• Agradeça a Deus pelos seis formandos que deixaram o Centro Infantil com esperança e entusiasmo. Mas eles também têm seus medos e dúvidas. Ore pelas crianças que enfrentam resistência em sua própria família por causa de sua fé.
• Estudar na Colômbia não é fácil. Para muitas famílias, o dinheiro é um grande obstáculo, não permitindo que os adolescentes estudem o que desejam. Peça para que Deus abra as portas para estes seis formandos.
• Muitas vezes, os pais e as famílias continuam trabalhando e vivendo no mesmo lugar de quando seus filhos saíram para estudar no Centro Infantil. Ore para que, ao voltarem para casa, esses formandos estejam firmes na fé para enfrentarem a perseguição que possa surgir.
*Nomes alterados por motivos de segurança. 
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoDaniela Cunha

Nenhum comentário: