terça-feira, 17 de março de 2015

Ataque a agricultores na Nigéria deixa pelo menos 80 mortos

16 mar 2015NIGÉRIA

Pelo menos 80 pessoas morreram em um ataque feito nesse domingo (15) por homens armados a comunidades agrárias do estado nigeriano de Bénoué, no centro do país. Balanço inicial divulgado ontem registrava 45 mortos
16_Nigeria_0270100145
O ataque ocorreu na madrugada de domingo, quando homens armados invadiram a comunidade Egba, segundo testemunhas citadas pela imprensa local. Os confrontos entre pastores nômades e agricultores pela exploração de recursos são frequentes no centro da Nigéria.
Um deputado de Agatu, Alhaji Sule Audu, disse aos jornalistas que chegaram centenas de militantes. "Até agora foram encontrados 80 corpos". Segundo Sule, moradores refugiaram-se em Ogbalu e Obagaji, sede do governo de Agatu.
Há mais de uma década, os confrontos relacionados com a ocupação da terra são frequentes entre criadores de gado muçulmanos fulani e comunidades cristãs, principalmente no centro da Nigéria, país dividido entre o Norte de maioria muçulmana e o Sul majoritariamente cristão.
A violência entre comunidades de agricultores e criadores de gado causaram 10 mil mortos nos últimos 20 anos no centro do país, de acordo com estimativas de organizações de defesa dos direitos humanos, como a Human Rights Watch.
Os criadores de gado queixam-se, há vários anos, de perder terras para a agricultura, afirmando serem vítimas de uma discriminação sistemática. Os conflitos diferem de estado para estado e ganham perspectiva religiosa nas regiões onde os agricultores são em sua maioria cristãos.
A Nigéria é décimo país na Classificação da Perseguição Religiosa. O clima de insegurança é constante e tem se intensificado em diversas regiões. Constitucionalmente, a Nigéria é um Estado laico com liberdade religiosa. Embora exista liberdade para evangelizar, há uma forte oposição dos muçulmanos contra os cristãos que procuram praticar este ministério.
Pedidos de oração
• Interceda por todos os envolvidos nesses conflitos que, mesmo não tendo inicialmente uma motivação religiosa, acabam gerando um clima de rivalidade entre muçulmanos e cristãos.
• Ore para que a Nigéria seja preenchida com a paz e a graça do Senhor.
FonteAgência Brasil

Nenhum comentário: