quinta-feira, 19 de março de 2015

“Enquanto você for cristão, não é nosso filho”

18 mar 2015QUIRGUISTÃO

O cristão Torgay* tem 31 anos. Antes de se converter ao cristianismo ele era muçulmano. Atualmente, é membro de uma das igrejas batistas no Quirguistão. Três anos depois que ele orou para receber a Cristo e compartilhou sobre sua nova fé em sua aldeia, vizinhos o acusaram de trair a fé de seus pais; seus parentes tentaram puni-lo, batendo-lhe, mas Torgay conseguiu escapar
18_Quirguistao_0430102306
Pouco tempo depois, seus pais o expulsaram de casa e lhe disseram que ele não deveria sequer pensar em retornar se não negasse a Cristo e voltasse para o islamismo. Depois que isso aconteceu, Torgay saiu de casa e foi morar e trabalhar em outra cidade. Ele telefonou muitas vezes para sua família, mas seus pais lhe disseram: "Enquanto você for cristão, não é nosso filho!"
Na semana passada, ele decidiu visitar seus pais e voltar para casa; fazia dois anos desde a última vez que ele esteve com seus pais. Torgay comprou presentes para seus parentes e dirigiu-se até o lugar que um dia foi o seu lar. Porém, assim que chegou, lhe perguntaram se ele havia renunciado ao cristianismo. Torgay respondeu que não negaria Jesus e continuaria a viver pela fé. A cena de dois atrás se repetiu: seus pais o colocaram para fora de casa mais uma vez.
Torgay pediu oração por sua situação, mas, ao mesmo tempo, afirmou que, apesar do fato de que seu pai não fala com ele há dois anos, seu pai celestial fala com ele todos os dias e continua a amar e cuidar dele!
Ore para que os corações dos pais de Torgay encontrem o verdadeiro evangelho, a paz e o amor que só o Senhor pode dar, para que eles aceitem o seu filho de volta e compartilhem da sua fé. Peça também por Torgay, para que a sua fé se fortaleça ainda mais, apesar dos desafios e perseguições.
*Nome alterado por motivos de segurança.
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoAna Luíza Vastag

Nenhum comentário: