terça-feira, 14 de abril de 2015

Chibok: meninas casadas, nenhum cessar-fogo, diz Boko Haram em novo vídeo

14 abr 2015NIGÉRIA

"Elas estão casadas e em casa com seus maridos", disse o líder do Boko Haram, Abubakar Shekau, em um vídeo lançado no último sábado (11). Enquanto o mundo se pergunta onde estão e como estão as mais de 250 meninas sequestradas em Chibok, Nigéria, no ano passado, é essa resposta que o grupo espalha. "As ‘nossas’ meninas se converteram ao islamismo e confessaram que é a melhor religião. Ou os pais aceitam isso e se convertem também, ou eles podem morrer."
14_Nigeria_BringBack
De acordo com um relatório da agência de notícias Reuters o vídeo foi filmado no estilo clássico do Boko Haram, mas o orador foi filmado a uma distância muito grande, impossível de identificação. Como de costume, o suposto líder estava no cerrado semideserto cercado por quatorze homens armados e mascarados com quatro jipes militares ao fundo. Dois dos homens armados estavam segurando bandeiras negras do Boko Haram.
Ele ainda negou a existência de um acordo de cessar-fogo com o governo e denunciou Danladi Ahmadu como representante do Boko Haram no Chade, como o governo tem falado. "Quem disse que estamos dialogando ou discutindo com alguém? Você está falando sozinho. Não conheço ninguém com o nome de Danladi. Se encontrá-lo agora, vamos cortar a cabeça dele", diz o homem no vídeo. "Tudo o que estamos fazendo é abatendo pessoas com facões e atirando em pessoas com nossas armas. Vamos acabar com os cristãos. Guerra é o que queremos."
Não houve resposta imediata do governo, que até a semana passada tinha esperança de um acordo de paz, que anunciam desde outubro. A insegurança no nordeste da Nigéria aumentou na semana passada, com a invasão de Mubi, a segunda maior cidade do estado de Adamawa, que representa um dos maiores centros comerciais do país. 
Os militantes mataram dezenas de pessoas e obrigaram milhares a fugir quando eles invadiram a cidade, roubando bancos, incendiando o principal mercado e aproveitando o palácio do governo para içar sua bandeira negra. "Eu vi muitos corpos mortos no mato e muitas pessoas feridas estavam implorando por ajuda, especialmente crianças e mulheres", disse James Audu, cristão que conseguiu escapar ao ataque.
Muitos milhares de cristãos que fugiam de ataques do Boko Haram no estado de Borno tinham encontrado refúgio em Mubi, mas a cidade está em perigo de ataque há muito tempo. Um mês atrás, o Boko Haram já havia avisado aos cristãos que a cidade seria atacada.

Pedidos de Oração
  • Ore pela graça de Deus pelas meninas sequestradas no Chibok.
  • Ore pelos membros do Boko Haram, que no meio dessas terríveis circunstâncias, experimentem a graça do Senhor, e que eles tenham esperança e a paz que excede todo o entendimento.
  • Ore também pelos pais e familiares dessas meninas, que sejam consolados, sustentados e fortalecidos em meio a essa provação.
  • Ore pelos órfãos e viúvas dos ataques às aldeias. Por favor, orem para que haja provisão não só física, mas também espiritual.
  • Ore por sabedoria e determinação para o governo encontrar uma solução para essa situação.

Nenhum comentário: