quarta-feira, 29 de abril de 2015

Começa hoje a Semana pela Liberdade na Coreia do Norte

27 abr 2015COREIA DO NORTE

Ao longo desta semana, pessoas de todo o mundo se reunirão em Washington para reconhecer o sofrimento dos refugiados norte-coreanos e os prisioneiros de consciência, entre eles, milhares de cristãos
27_NorthKorea_0360100098
A Semana pela Liberdade na Coreia do Norte (NKFW, sigla em inglês) é parte de um esforço anual para sensibilizar para as trágicas violações dos direitos humanos realizadas contra o povo da Coreia do Norte. A NKFW é patrocinada pela Coligação pela Liberdade na Coreia do Norte, um grupo de mais de 40 ONGs não partidárias, das quais a Portas Abertas nos Estados Unidos é membro.

Os membros da coalizão são todos de partidos políticos e confissões religiosas, mas compartilham a visão de que a promoção dos direitos humanos na Coreia do Norte deve ser o foco principal de todas as decisões políticas que envolvem a Coreia do Norte.
Entre aqueles que integram os eventos da Semana em Washington há uma delegação de desertores norte-coreanos, indivíduos que sofreram sob o regime e que irão compartilhar suas experiências em primeira mão.
A programação inclui várias atividades, tais como vigílias de oração, audiências no Congresso e um comício. Desertores norte-coreanos irão partilhar as suas histórias em vários eventos ao longo da semana.

Pelo 13º ano consecutivo, a Coreia do Norte é classificada como o país mais opressor aos cristãos, ocupando a primeira posição na Classificação da Perseguição Religiosa da Portas Abertas, em 2015. A adoração obrigatória ao líder Kim Jong-Um e seus antecessores deixa pouco espaço para quaisquer outras religiões, e os cristãos enfrentam uma pressão inimaginável em todas as esferas da vida. Continue a orar pelos mais de 50 mil cristãos encarcerados em campos de trabalho forçado da Coreia do Norte.
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoAna Luíza Vastag

Nenhum comentário: