terça-feira, 7 de abril de 2015

No Dia Mundial da Saúde, conheça a ação da Portas Abertas nessa área

07 abr 2015MÉXICO

O impacto da intolerância religiosa contra os cristãos traz consequências que vão além do que se pode imaginar. No México, a pouco mais de seis mil quilômetros de distância do Brasil, nossos irmãos perdem suas casas, seus empregos, acesso à educação e à saúde por causa da perseguição
07ABR15_NoticiaSite_Mexico_Saude
A cena de cristãos sendo expulsos de suas comunidades por causa de sua fé é muito comum no México. Pelas condições que são forçadas a viver, as famílias deslocadas não têm acesso a cuidados médicos regulares.

Em 2015, será realizada uma brigada médica em colaboração com um grupo de médicos cristãos do estado de Veracruz. Eles têm trabalhado em parceria com a Portas Abertas nos últimos 15 anos, oferecendo seus serviços gratuitamente para a Igreja Perseguida. Por meio da contribuição de cristãos como você para projetos semelhantes a esse, é possível custear o transporte para as comunidades e a compra de medicamentos.

Há outra brigada médica prevista também para este ano. Por meio dos contatos da Portas Abertas na região, grupos deslocados que estão em necessidade de cuidados médicos serão alcançados.

Quando recebem apoio médico profissional, os cristãos que enfrentam perseguição por amor a Cristo recuperam a sua estabilidade emocional e são espiritualmente renovados para ministrar e evangelizar.

O trabalho já tem rendido frutosNo ano passado, médicos visitaram áreas onde a Portas Abertas apoia diversos grupos cristãos deslocados. Em 14 de julho, eles visitaram Xante Ejido, onde 86 irmãos e irmãs em áreas perseguidas de Ocosingo, Chiapas, foram ajudados. Em 15 de julho, os profissionais visitaram o refúgio Yashtinín, em San Cristobal, onde 18 pessoas foram tratadas.

Um dia depois, em 16 de julho, visitaram a área de Comitan e apoiaram 122 irmãos; em 17 de julho, após moradores bloquearem a estrada, a brigada voltou para San Cristobal, visitou irmãos no abrigo Los Llanos e serviu ali aos 14 cristãos que necessitavam. Em 18 de julho, o último dia da brigada, o grupo médico visitou a comunidade de Cruzton, onde 170 pessoas receberam tratamento. Um total de 410 irmãos foram abençoados e assistidos medicamente.

Ore pelas brigadas médicas que serão realizadas este ano!

"Prestem culto ao Senhor, o Deus de vocês, e ele os abençoará, dando-lhes alimento e água."
 Êxodo 23.25
FontePortas Abertas Brasil

Nenhum comentário: