sábado, 16 de maio de 2015

#AprendendoParaEnsinar – Encontrando coragem na Palavra de Deus

16 mai 2015PAQUISTÃO

"A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho." Salmos 119.105
16_Pakistan_0290100024
Rehan Kahn* é de Nankana Sahib. Aos 46 anos, ele é casado e tem três filhos preciosos. Como a maioria dos cristãos paquistaneses que vivem em aldeias, sua família é cercada por uma comunidade predominantemente muçulmana.
"Em toda minha vida fui convidado a aceitar o islamismo e abandonar o cristianismo. Às vezes, os convites são gentis, outras, extremamente violentos. Cada vez que tentam, sei que estão mais longe de desistir. Agora meus filhos enfrentam a mesma coisa. Quando sou tentado a fugir para protegê-los da mesma hostilidade que cresci, me lembro da fidelidade de Deus em minha vida e sei que ele será fiel a eles também", diz Rehan, que tem compaixão e preocupação com seus filhos e sua igreja.
Quando perguntado sobre o impacto que os constantes convites para o islã têm em sua fé e na de seus filhos, ele responde com ousadia: "Esta situação não abala nossa fé de modo geral. Na verdade, eles nos dão mais oportunidades de receber coragem através da Palavra de Deus e pela oração."
O pastor compartilha sobre Jesus há 30 anos nas áreas mais remotas do Paquistão. Mas, apenas há dois anos ele passou a conhecer e estudar profundamente a Palavra de Deus, através da ALIVE – Escola Bíblica que oferece discipulado e treinamento para capacitar pessoas a levarem o evangelho para suas comunidades. "É como receber um copo de água gelada na forma de comunhão e ensino", disse ele.
"Às vezes, durante a noite, eu e minha esposa relemos histórias da Bíblia parar termos certeza de que não ensinamos nada de errado às pessoas. Nada é mais importante para mim do que dar Glórias a Deus, e para isso, temos de ser fieis à sua Palavra", acrescenta.
O pastor Rehan conta com suas oraçõesOre pelo pastor e sua família. Ore também pelas gerações futuras, para que permaneçam fiéis a Jesus neste deserto espiritual do Paquistão. Ele também pede que nos lembremos da Igreja de Cristo pelo mundo, que todos sejam encorajados a continuarem fiéis em todas as lutas, por meio da Palavra de Deus.
*Nome alterado por questões de segurança.
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoLetícia Epifanio

Nenhum comentário: