domingo, 28 de junho de 2015

Islamismo ganha espaço na Holanda

27 jun 2015HOLANDA

Proibição de véu islâmico não é o bastante para conter a ameaça do islamismo radical na Holanda
27_Holanda_0040002259
O governo holandês concordou em introduzir uma proibição parcial sobre o uso do véu de rosto inteiro em lugares públicos. A proibição ainda precisa ser aprovada pelo parlamento. Uma medida semelhante sobre véu de rosto inteiro foi adotada pelo governo francês em 2010, e essa decisão foi apoiada em 2014 pela Corte Europeia de Direitos Humanos. Embora o governo holandês afirme que a proibição "não tem nada a ver com religião", isso também se aplica a todo tipo de roupas que cobrem o rosto inteiro, assim como máscaras de esqui e capacetes. Isso promete ser uma medida necessária para "impor valores".
Dennis, analista de perseguição da Portas Abertas, alerta: "Apesar da declaração do governo, não se pode negar que a proibição mira a maioria das expressões conservadoras do islã, onde o véu de rosto inteiro é obrigatório. No entanto, não está claro que o impacto dessa medida será somente nos pequenos segmentos de mulheres muçulmanas que usam o véu de rosto inteiro na Holanda. Além disso, a medida não significa abordar de forma abrangente a expansão do islamismo radical no país pelas forças internas e externas. Internamente, os muçulmanos radicais parecem trabalhar duro para radicalizar os muçulmanos seculares ou moderados. Externamente, existe uma ameaça de jihadistas (muçulmanos que compartilham dos mesmos objetivos básicos de expandir o islã e contrapor-se ao perigo que pode atingir a religião) se infiltrando no país através do fluxo de requerentes de asilo, além da questão do retorno de jihadistas holandeses que tenham servido no Iraque e na Síria."
FontePortas Abertas Internacional, Reuters

Nenhum comentário: