quarta-feira, 3 de junho de 2015

Mais um caso de violência religiosa em Bangladesh

03 jun 2015BANGLADESH

Assumindo a 43ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa, uma das principais fontes de perseguição no país é a violência que atinge, em especial, mulheres e cristãos
02_Bangladesh_0310104679
A hostilidade e pressão aos cristãos é conduzida por grupos extremistas islâmicos, líderes budistas e famílias de convertidos, que pressionam os novos convertidos a voltarem à religião original. Saiba mais.
Mulheres são agredidas e atacadas com frequência. Estudos indicam que duas de cada três mulheres em Bangladesh já sofreram com algum tipo de violência de gênero. Além disso, de acordo com uma pesquisa realizada pela Relatora Especial das Nações Unidas sobre violência contra a mulher, as jovens são regularmente perseguidas e maltratadas em seu caminho para a escola e o assédio sexual muitas vezes é visto como "parte da cultura".
Na noite do dia 21 de maio, uma jovem cristã de 20 anos de uma tribo em Bangladesh foi sequestrada por cinco homens e levada até um micro-ônibus, na capital Dhaka. Dentro do veículo, Susmita Chambugonj foi violentada por dois homens, que mais tarde foram presos.

Pedidos de oração
  • Clame a Deus pela vida de Susmita, para que ela possa se recuperar do trauma e seja coberta pela paz que excede todo o entendimento.
  • Peça a Deus para que as famílias de jovens como Susmita encontrem forças para passar por situações difíceis como essa.
  • Ore pelos cristãos que estão sofrendo com a violência em Bangladesh. Suplique ao Senhor para que ele levante mais pessoas e autoridades para defender os direitos humanos no país.
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoVivian Coutinho

Nenhum comentário: